nossa historia

Em meados do ano de 1944 um pequeno grupo de cavalheiros ligados por laços de amizade reunia-se habitualmente para conversar, matar a saudade dos bons tempos e dançar.

Com os anos, mais pessoas passaram a participar dos encontros o que motivou os idealizadores a constituírem um Clube Social e no dia 28 de fevereiro de 1948, fundaram o Grupo da Saudade de Campinas.

A primeira sede do Grupo da Saudade foi nas instalações anexa à Associação dos Alfaiates na Rua Dr. Quirino, 702.

Com o crescente interesse de novos amigos ingressarem no novo Clube Social, o Sr. Trajano Pereira Guimarães, sócio fundador e 1º Presidente do Grupo da Saudade, convocou e presidiu a Assembléia Extraordinária realizada em 17/05/51 que oficializou a instalação e deu a personalidade jurídica ao Clube.

Diante das novas necessidades a sede foi transferida para o imóvel situado à Rua Barão de Jaguara, 1357, nas instalações do 1º andar, prédio em que funcionava o famoso Bilhar Estrela Dalva localizado defronte a suntuosa Sede do Jockey Clube na região central de Campinas.

Constituída a nova associação, tratou-se da elaboração e aprovação do Estatuto Social, o qual à época foi registrado junto à Divisão de Diversões Pública da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo, concluindo assim o processo da legalização da entidade.

carteirinha
carteirinha

carteirinha

Os bailes promovidos pelo Grupo da Saudade eram quase minuetos, os casais apresentavam-se sempre elegantemente trajados, e na hora das contra danças, os cavalheiros tiravam as suas damas inclinando-se à sua frente e durante o baile as damas eram levadas de forma suave em movimentos circulares pelo salão.

As músicas mais executadas eram; a valsa alemã, a polka da Boêmia, o shots escocês, a masurka polonesa e nos bailes de gala, sob a marcação do “mestre sala” os casais dançavam os chamados “figurados” como o Sket, a Polonaise, a Parisiense, os shots inglês, espanhol e gaúcho, a Lusitânia e a Polka militar dentre outros.

Os freqüentadores eram exímios dançarinos e a apresentação dos casais encantava os visitantes.

A dança dos figurados ganhou destaque e fama resultando em convites ao Grupo da Saudade para realizar apresentações em Clubes de Campinas e Região.

O Clube ganhou expressão, aumentou o seu quadro de associados e diante das novas necessidades no ano de 1985 mudou-se para o imóvel da Rua Dr. Betim 203, no bairro da Vila Marieta onde permaneceu até o dia 06/01/96 data da inauguração da tão sonhada e desejada sede própria na mesma Rua nº. 190, construção concretizada pela Diretoria presidida pelo Sr. João Leite de Souza, ganhando ainda maior projeção.

Em reconhecimento a grande importância na representação musical e da dança de Campinas, o Grupo da Saudade recebeu em 2002 o “Diploma de Honra ao Mérito” concedido pela Câmara Municipal.

honra ao merito
honra ao merito

Em 19 de Agosto de 2003, o Grupo da Saudade de Campinas foi declarado Órgão de Utilidade Pública pela Câmara Municipal de Campinas, concretizando a instituição do Grupo como ícone campineiro, conforme a Lei abaixo:

utilidade publica

Todas estas ações dão mostras da importância social e cultural do Grupo da Saudade.